O Espectáculo dos 20 Anos

Dia 6 de Junho de 2012, quarta-feira, véspera do ainda feriado do Corpo de Deus. Um espectáculo produzido a 100% pela Azeituna, quer a parte musical (razão da nossa existência), quer a programação, divulgação, cenário, design, logística de convidados e after show.
Foi no final de 2011 que começou a tomar corpo a ideia de se comemorar o 20º Aniversário da Azeituna com um concerto especial, diferente do que fazemos normalmente. Contrariamente aos regulares 30 minutos no palco de um Teatro num dos vários festivais de tunas em que participamos todos os anos, nesta ocasião especial o desafio era percorrer os temas mais emblemáticos do reportório da Azeituna numa única atuação. O resultado foi um espectáculo dividido em quatro épocas contabilizando um total de 24 músicas.
Ao desafio de se estruturar e preparar uma actuação desta dimensão acrescentamos o sonho de o realizar no Theatro Circo de Braga. Para nós não era fácil prever que um espectáculo apenas da Azeituna fosse encher a Sala Principal do Theatro Circo. Quando os bilhetes foram postos à venda a procura inicial fez-nos acreditar que ia correr bem e dias antes do espectáculo os lugares estavam praticamente esgotados. A alegria invadiu a Azeituna.
Durante o mês de Janeiro de 2012 escolheram-se as músicas que iriam fazer parte do alinhamento. Vinha agora a parte dura do trabalho e que passava pelos ensaios. Durante 5 meses, duas vezes por semana e em alguns ensaios extra, a Azeituna concentrou-se em revitalizar o conjunto de temas seleccionados. Enquanto alguns elementos precisaram de testar o estado das suas memórias ao tentar recordar os pormenores e arranjos de músicas que já não integravam os reportórios da Azeituna há alguns anos, outros, os mais novos, tinham a árdua tarefa de aprender muitas músicas a partir do zero. Para a tarefa de coordenador musical deste espectáculo (ensaiador), Rui Fernandes “Jagunço” foi novamente chamado a apresentar serviço.

O objectivo passava também pela envolvência do maior número de Azeitunos na concepção do espectáculo. Muitos responderam ao apelo, e algumas caras menos vistas ultimamente, voltaram a frequentar os ensaios e a contribuir com ideias. No dia do espectáculo calcula-se que o número de elementos em palco tenha sido de 75.

Decidimos também convidar outros grupos académicos que de certa forma também fizeram parte destes primeiros 20 anos da Azeituna. O Coro Académico da Universidade do Minho, a Tuna Académica da Universidade Lusíada do Porto, a Tuna Universitária do Minho e ainda a Gatuna - Tuna Feminina Universitária do Minho ajudaram a relembrar a união entre os vários grupos académicos. A estes juntaram-se outros convidados que ajudaram a abrilhantar o espectáculo, trazendo a diversidade de ambientes necessária a um espectáculo de 3 horas de duração: Abadá Capoeira, Radiki - Grupo de dança do ventre, Armando Fitas e Lúcia Sousa das Danças de Salão do Populum. A todos estes grupos o nosso muito obrigado.

TOP