Festivais

Os festivais, encontros ou certames de tunas são momentos que, para além de promoverem o convívio entre estudantes de diferentes academias, permitem às tunas demonstrarem a sua galhardia e mestria musical em grandes espectáculos que se estendem claramente para além do meio académico.

Há que dizer, para abono da verdade, que as longas horas que decorrem entre os ensaios e o espectáculo propriamente dito são passadas a fazer o que o bei de Tunes fazia melhor: deambular pela cidade com os amigos, a tocar e a cantar, aproveitando os intervalos para levar a cabo umas boas farras. E esta forte influência da vida do bei de Tunes no espírito da Azeituna acaba por se revelar na sua vertente galhofeira e na bem-disposta ligação que tenta estabelecer com o público nos seus espectáculos.